Lavador de Gases

Lavador de gases é um equipamento utilizado no controle de poluição do ar, cujo objetivo é a remoção do material particulado de um fluxo de gás, pela colisão destas partículas com gotas de um meio de lavagem (geralmente água).

Com a colisão das gotas com as partículas, estas, rompendo a tensão superficial da gota, atravessam sua superfície, ficando assim retidas.

As partículas umidificadas, pelo aumento de sua massa e pela tendência a aglutinar, podem ser removidas por meios mecânicos simples (eliminador de gotas). 

Para promover a desejada interação entre as partículas e gotas, uma certa quantidade de energia é necessária. para nebulizar o meio de lavagem e melhorar a mistura gotas-partículas com sprays de alta pressão. 

O princípio de funcionamento de um lavador de gases de orifício é extremamente simples. A restrição ao fluxo de gás através do orifício causa uma aceleração deste à altas velocidades. Esta alta velocidade nebuliza o meio de lavagem e a turbulência criada após o orifício, provoca a necessária mistura entre as partículas de pó e as gotículas.

Nos lavadores VA o orifício é formada por uma passagem anular entre a garganta e o disco. Esta construção apresenta a grande vantagem de não possuir orifícios de pequeno diâmetro. 

O meio de lavagem é injetado pelo centro do disco e refletido por um anteparo, em uma vazão pré-ajustada e escoa pelas bordas do disco, onde é atomizada pela alta velocidade relativa entre o fluxo de gás que passa pela relativamente pequena seção anular e o meio de lavagem.

O grau de turbulência criado abaixo do disco, bem como o nível de atomização, é diretamente relacionado com a perda de carga através do lavador.

 

Lavador Ciclônico

 

 Utiliza o mesmo principio do cilcone, mas utiliza sistema de injeção de agua, pois esta injeção de agua diminui o rebatimento de particulas na parede do equipamento, pois umidificando-se estas particulas elas se aglomeram mais facilmente aumentando-se consequentemente sua eficiencia.

Os lavadores ciclônicos são construitdos como torres e apresentam elevada eficiência ( 98 a 99% ) para particulas maiores que 1 mícron com a perda de carga de 1.000 N/m2  e consumo de àgua de 0,67 a 0,8 dm3/m3 de gás.